Pão de sementes – Sem glúten, sem lactose e sem gomas

Pao de sementes sem gluten - My Delishville - Direito Autoral Protegido 

Quando era criança uma das minhas paixões era  ir no laboratório da empresa da família com meu pai. O laboratório ficava no final de um dos pavilhões da fabrica, no andar de cima, e com uma parede feita de janelões de vidros. Para chegar ate ele precisava subir uma escada de ferro em formato de caracol  que, para mim, era mais uma atração.

A porta de entrada principal dava acesso a xaroparia onde tanques grandes de aco inox ficavam um ao lado do outro e, entre eles, escadas de inox onde os Químicos subiam para colocar açúcar dentro do barris. Era tudo impecavelmente limpo e funcionários  coletavam amostras em tubos de ensaio e levavam para o laboratório que ficava em uma sala anexa a xaroparia.

Era uma sala toda branca e cheia de tubos de ensaio, pepitas, equipamentos e lá faziam as varias analyses dos xaropes, agua… Meu pai me colocava sentada em um banquinho e eu observava tudo, passo a passo e bombardeava todo mundo com varias perguntas. Ficava encantada com aquele cenário, com as etapas, instrumentos usados e me imaginava fazendo parte daquele time também, estava decidida que queria ser Química.

O processo, os equipamentos, o uniforme, a bota branca, o cheiro me fascinavam e, la de cima, através dos janelões de vidros enormes, era possivel ver a fabrica, todo o maquinario branco e cheio de correias que levavam garrafas de uma maquina a outra. Garrafas que entravam por um lado e saiam do outro e continuavam seu caminho em direção a outra etapa, envaze, rotulagem….. Do alto parecia um parque de diversão de garrafas e eu criava historias na minha cabeça. Me encantava também com as empilhadeiras que transportavam paletes de um pavilhão a outro.

Pao de sementes sem gluten - My Delishville - Direito Autoral Protegido

Aos olhos de uma criança aquilo era pura magica, divertimento, aventura. Era uma mistura de tecnologia importada e trabalho braçal e repetitivo. Queria ser adulta logo para juntar-me a eles mas, enquanto ainda era pequena meu pai me permitia apenas olhar. Gostava também do lanchinho que era servido aos funcionários; um pacotinho de biscoito tipo agua e sal crocante em formado V, ou um pacote de bolacha doce ou um pãozinho doce com farofa em cima e uma garrafinha de refrigerante.   

O sonho ficou na infância e no lugar da química entrou a faculdade de administração e direito, no lugar do laboratório entrou um escritório em uma multinacional e o Brazil pelo Reino Unido.  As doces lembranças da infância continuam e de certa forma a vida me remete diariamente a antiga paixão. A minha cozinha branca é o meu laboratório e no lugar  de analises de sucos, refrigerantes, e agua entraram os testes na culinária sem glúten. Os meus instrumentos são espátulas, medidores, um forno, uma batedeira e varias formas com formatos diferentes. Eu me tornei mãe e vejo através das atitudes da Manuella, quando fizemos um bolo, biscoito ou cupcakes, a mesma curiosidade e empolgação que eu tinha na infância.

E foi direto do meu “laboratório” que saiu esse delicoso pão de sementes sem glúten, sem lactose e sem gomas. Fiz com farinha de sorgo pois ela deixa um resultado muito bom nos pães. Como opção coloquei a farinha de grão-de-bico ou farinha de arroz integral. Como podem ver, a receita não leva goma xantana e isso não foi descuido. Com o uso do psyllium, da linhaça e clara não ha necessidade do uso da goma. Psyllium também é outro ingrediente que recomendo para quem quer melhorar a textura dos pães caseiros e escrevi um post aqui sobre ele. Quem não tem pode substituir pela goma xantana como mencionei no post mas a massa ficara mais mole e talvez tenha que fazer alguns ajustes.

Pao de sementes sem gluten - My Delishville - Direito Autoral Protegido

 Pao de sementes sem gluten - My Delishville - Direito Autoral Protegido

Pão de sementes
Rende 2 pães pequenos sem glúten, sem lactose e sem gomas
Write a review
Print
Ingredients
  1. PARTE 1
  2. 100g de farinha de arroz
  3. 50g de farinha de sorgo, grão-de-bico ou arroz integral
  4. 50g de polvilho doce
  5. 40g de fécula de batata
  6. 30g de amido de milho
  7. 20g de farelo de linhaça
  8. 7g de fermento para pão
  9. 2 colheres (sopa) de psyllium
  10. 1 colher (sopa) de açúcar não refinado
  11. 1 colher (chá) de sal
  12. ¼ colher (chá) de bicarbonate de sódio
  13. 1 ovo
  14. 1 clara
  15. 60ml de óleo
  16. ½ colher (chá) de vinagre de cidra
  17. 310ml de água morna
  18. PARTE 2
  19. 1 colher (sopa) de semente de girassol
  20. 1 colher (sopa) de painço
  21. 1/2 colher (chá) de semente de papoula
  22. 1/2 colher (chá) de sementes de gergelim
  23. PARA POLVILHAR O PAO
  24. 2 colheres (sopa) de farelo de linhaça
  25. 1/2 colher (chá) de semente de girassol
  26. 1 colher (sopa) de painço
  27. 1/2 colher (chá) de sementes de gergelim
Instructions
  1. Em uma vasilha, coloque 1 colher (chá) de açúcar, o fermento e ½ xic (125ml) de água morna. Mexa bem e deixa repousar por 5-10 minutos para ativar o fermento.
  2. Na tigela da batedeira, coloque o acessório pazinha e adicione todos os demais ingredientes secos não esquecendo do restante do açúcar. Em seguida acrescente o restante da agua morna (185ml), o ovo inteiro, a clara, vinagre, óleo e a mistura líquida do fermento.
  3. Confira se todos os ingredientes da parte 1 foram adicionados e bata na velocidade média da batedeira por cerca de 5 minutos, desligando de vez em quando para raspar as laterais.
  4. Adicione as sementes ( parte 2) e bata o suficiente para misturar a massa.
  5. Unte com azeite 2 formas pequenas tamanho 15x9.5x8 (ou 1 forma de 22cm) com azeite e polvilhe-as com a mistura das sementes. Transfira a massa para as formas e polvilhe com o restante das sementes.
  6. Deixe descansando em um lugar fechado e com temperatura em torno de 35C por cerca de 1 hora ou até dobrar em volume.
  7. Pré-aqueça o forno a 200 °C e leve as duas formas de pao ao forno e asse por cerca de 10 minutos nessa temperature. Em seguida diminua a temperatura para 180C e asse por mais uns 20min ou ate o pao ficar bem corado.
  8. Retire o pão dop forno e da forma e deixe descansando em uma grade até esfriar.
  9. Conserve na cesta ou fatie e congele (envolvido em papel manteiga e depois dentro de saco próprio para congelamento).
My Delishville http://mydelishville.com.br/
Compartilhe: Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Google+Share on LinkedInShare on StumbleUponShare on TumblrShare on RedditShare on Yummly

Comments

  1. Júlia says

    Leila, que pão mais liiindoooo! Vou fazer, com certeza!
    Só vou ter que trocar algumas coisas que não acho por aqui :(
    Tipo a papoula e o painço. Será que se fizer só com sementes de linhaça rola?
    No lugar do farelo de linhaça pode ser farinha? Tem que aumentar a quantidade dai?

  2. erika even says

    Boa noite leila,

    quero muito testar o pao.. no caso nao encontro o psyllium aqui em goias , por isso vou ultiliar a goma xantana

    vc poeria me auxiliar na forma como posso substiuila ? pensei em usar a farinha chia.. e uma colher cha goma xantana… o que vce me sugere?

    ficaria grata cm sua resposta!
    bjsss

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>